Cronologia relacionada com o Porto de Aveiro — 5



1834 — Foi nomeado Celestino Soares, como director das obras da barra, substituindo Luís Gomes de Carvalho.

1834 — Triunfo pleno da causa liberal.

1835 — Criação dos distritos administrativos representados na Junta Geral do Distrito e no Governo Civil.

1835 — Nomeação do primeiro governador civil de Aveiro.

1837 — Nomeado o engenheiro Francisco da Paula Sousa Pegado e, no ano seguinte, Francisco L. Moreira Freixo para directores das obras da barra.

1838 — Francisco Lopes Moreira Freixo, era indicado como engenheiro director das obras.

1843 — Foi nomeado director das obras da barra, o engenheiro José Luís Lopes, substituído, interinamente, pelo presidente da Câmara de Aveiro, que pouco depois entregava o seu governo ao engenheiro Gomes Palma.

1846 — Maria da Fonte, ou Revolução do Minho.

1846 — Patuleia, ou Guerra da Patuleia.

1847-1856 — É indicado como director das obras da barra o engenheiro Agostinho Lopes Pereira Nunes.

1851 — Inauguração do período da Regeneração, que se seguiu à insurreição militar de 1 de Maio de  1851, que levou à queda de Costa Cabral e dos governos de inspiração setembrista.

Notas:
1. Fonte: “A Barra e os Portos da Ria de Aveiro — 1808-1932”;
2. Continua.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A Ponte da Cale da Vila que ruiu

Famílias Tradicionais da Gafanha

A Borda