TECENDO A VIDA UMAS COISITAS – 333

POSTAL DO PORTO – 198 



E JÁ LÁ VÃO 91 ANOS!... 

A 24 de Fevereiro de 1922, é criada a Escola Mista da Chave; e no mesmo dia mas de 1931, a Escola Masculina. Duas boas razões para viajarmos no tempo e recuarmos quase 100 anos, imaginando (se for possível!) como seria a vida de nossos Avós. 
Encher o postal, comparando a Escola de então com a de hoje, era tarefa fácil. Porém, gostaria que, de forma lampeira, ágeis e fogosos, fôssemos capazes de avançar e, como em grande superfície escolhêssemos a qualidade de pão para o pequeno-almoço de hoje. Tarefa fácil? Sei cá: bicos, cantinhos, papos-secos, cacete, …; pada, …; sêmea, pão de segunda, …; pão de cereais, …; boroa, triga-milha, pão de centeio… E pela masseira além que ainda não chegámos aos doces: rosca, regueifa, … Qual escolher?... Certo é que qualquer que seja a escolha, podemos encontrar o nariz torcido de um Zé-ninguém que pinga a sentença: 

- Ah! Mas pão com’à ‘nha Mãe cozia, agora nã há! 

E, se calhar, até tem razão, a sua razão. Tal qual como a utilização dos edifícios antigos das Escolas. A da Chave, aí a temos com Povo e Música. Nada mau. Mais além, recuperada para moradia de emigrante. Bom gosto. Noutra paragem, pousada. Gente boa. Agora, ali para os lados de Monção, da Escola fazer Casa Mortuária!?!... Sem palavra… 

O curioso é que nenhum destes argumentos fazia parte do meu esquema quando comecei… Não ficaria no esquecimento, o fato das raparigas, quando iam à escola, frequentarem só até ao exame da 3.ª Classe! (Quantas perguntas surgem de imediato: só à 3ª? Exame na 3ª? O que é a 3ª?...) 

Todas estas alíneas têm de ficar no tinteiro que quero terminar com uma gracinha que encontrei… Que tal? 



Manuel

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A Ponte da Cale da Vila que ruiu

Famílias Tradicionais da Gafanha

A Borda