Nossa Senhora de Fátima na Gafanha da Nazaré


Desde 1917 que o povo da Gafanha da Nazaré dedicou a Nossa Senhora de Fátima uma veneração muito especial e em 1951 a paróquia recebeu-a, por um dia, com manifestações de júbilo.
De 17 a 24 de novembro de 1957, e para preparar a celebração das bodas de ouro episcopais de D. João Evangelista de Lima Vidal, mais uma vez a Imagem de Nossa Senhora de Fátima esteve entre nós.
«Esta peregrinação concluiu (julho de 1959) com um cortejo cívico desde o Paço Episcopal até ao Estádio Mário Duarte celebrando-se aí Missa campal e, no fim, apoteose; esta concentração diocesana fez parte das Comemorações do Milénio de Aveiro e do bicentenário da sua elevação a cidade» (Diocese de Aveiro, págs. 533 e 534).
A Gafanha da Nazaré participou ativamente nesta peregrinação e ainda hoje se recorda, com muita saudade, a vivência dessa semana em que o povo pôde mostrar quanto ama Nossa Senhora de Fátima.
Formaram-se comissões que se encarregaram da ornamentação das ruas, com flores e iluminação, para assim ser homenageada, na sua passagem em procissão pelas principais ruas da Gafanha da Nazaré.
E recorde-se, também, que houve várias peregrinações da paróquia ao Santuário de Fátima e que, principalmente a 13 de maio e de outubro há sempre grupos que ali se deslocam a pé e de outros modos, fazendo penitência e oração.

Fonte: “Gafanha — N.ª S.ª da Nazaré,
de Manuel Olívio Rocha e Manuel Fernando da Rocha Martins,
1986

NOTA: Foto de Humberto Rocha

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um retrato bonito da Gafanha do Carmo

A Borda