Mestre Lourenço de Sesimbra fez amizades na nossa terra


Pérola de Sesimbra antiga

Avô Lourenço com mestre Mónica

Pérola de Sesimbra no estaleiro 

Miguel Lourenço, de Sesimbra, teve a gentileza de entrar em contacto comigo, a propósito de temas marítimos. Mora em http://www.sesimbra.blogspot.com/, onde, na opção barcos, há temas que recomendo.
O Miguel é neto de mestre Lourenço Caparica, que se relacionou com os Mónicas, nomeadamente com o Arménio, filho do mestre Manuel Maria Bolais Mónica. A traineira "Pérola de Sesimbra", construída pelos Mónicas, será, provavelmente, segundo o Miguel Lourenço, o último barco dos estaleiros da Gafanha, ainda em actividade.
O Miguel informa também que o seu avô era amigo do armador do “Jesus nas Oliveiras, tendo feito amizades em Aveiro, com o mestre Zé Pata, que se mudou para Peniche.
Não posso deixar de sublinhar a importância deste contacto, à semelhança de outros que nos ajudam a construir história, oferecendo-nos, quantas vezes, gratas recordações.
Obrigado, Miguel.

Fernando Martins

Comentários

Anónimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse…
Gostava de saber um pouco mais da história dos estaleiros dos Mónicas e até ao ano que estiveram em actividade e se o mestre Arménio Mónica é vivo?
Embora fosse um estaleiro vocacionado para os bacalhoeiros e 2 obras impares e mal aproveitadas pelos governantes que foi em 1940 a "Nau Portugal" e em 1961 a "Nau S. Vicente" que é visivel numa das fotos.
Para Sesimbra além da "Pérola de Sesimbra" tambem veio a "Espuma do Mar que mudaria para Virgem do Sol" eram cnstruções unicas porque eram muito robustas inclussive tinham a particularidade de terem casco duplo.
Ao fim de 50 anos 2 terços do barco continuam sem fazer água e sem levar uma unica tábua, a excepção é a popa que foi transformada em 1991 para painel e parece actualmente a parte mais velha da embarcação.
Embora seja novo, tenho um grande interesse pelo passado recente da nossa pesca e construção naval.
Espero para o ano ter o meu blog com um arquivo de grande parte das traineiras Portuguesas de norte a sul e agradecer ao Sr. Fernando Martins por publicar estas fotos.

Miguel Lourenço Sesimbra
Anónimo disse…
Sr. Martins no 2 texto imendei alguns erros assim sendo é para anular o 1º.

Mensagens populares deste blogue

A Ponte da Cale da Vila que ruiu

A Borda