Travessia na Vista-Alegre nos anos 50

Uma passagem que sempre me encantou
Ana Maria Lopes

Mulher carregada

Uma paisagem que sempre me encantou – a travessia do Canal do Boco, entre as traseiras da quase bicentenária Fábrica da Vista-Alegre e a Gafanha da Boavista – com a sua luminosidade, a água espelhante, a barca de negro embreada, timonada pelo barqueiro (Ó, da barca!...), a simplicidade tosca do trapiche… Hoje, figura humana enriquece a paisagem. Mulher das Gafanhas…

Ler mais aqui

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A Ponte da Cale da Vila que ruiu

A Borda