segunda-feira, 8 de abril de 2013

Travessia na Vista-Alegre nos anos 50

Uma passagem que sempre me encantou
Ana Maria Lopes

Mulher carregada

Uma paisagem que sempre me encantou – a travessia do Canal do Boco, entre as traseiras da quase bicentenária Fábrica da Vista-Alegre e a Gafanha da Boavista – com a sua luminosidade, a água espelhante, a barca de negro embreada, timonada pelo barqueiro (Ó, da barca!...), a simplicidade tosca do trapiche… Hoje, figura humana enriquece a paisagem. Mulher das Gafanhas…

Ler mais aqui

Sem comentários:

ÍLHAVO NÃO É SÓ MAR...

Um texto de Manuel Cardoso Ferreira  Mulheres da Gafanha (Do livro "As mulheres do meu país", de Maria Lamas) Em Ílhavo ...