terça-feira, 12 de março de 2013

Arte da Xávega

A azáfama 


Ainda está na memória de muitos de nós a Arte da Xávega, com bois a puxar a rede com peixe fresco ou mesmo sem ele, que a sorte não era para todos os dias. Pois Ana Maria Lopes tem a sensibilidade para nos oferecer essas recordações, através do seu blogue Marintimidades, que sugiro aos apaixonados pelas coisas  da laguna... Atenção: a história vai continuar.

Ver aqui

Sem comentários:

Entrevista que concedi ao "Correio do Vouga"

Foi à sombra da Igreja que surgiram  as principais instituições da Gafanha da Nazaré  A Gafanha da Nazaré, paróquia e freguesia, ...